Invista em Goiás
o melhor estado para morar

1º Lugar

Na produção de Tomate

1º Lugar

Na produção de Sorgo

2º Maior

Indústria farmacêutica do País

2º Maior

Rebanho de gado Bovino

2º Lugar

Na produção de cana-de-açucar

3º Lugar

Na produção de Açucar

2º Lugar

Na produção de Ouro

3º Lugar

Na produção de Grãos

3º Lugar

Na produção de Soja

3º Lugar

Na produção de Milho

SOBRE GOIÁS

  • Localizado na região Centro-Oeste

  • Capital: Goiânia

  • 246 municípios

  • Horário: GMT – 3

  • Forma de governo: republicana, representativa, com um mandato de quatro anos para o governador.

  • PIB: US$ 32 bi

  • 9ª economia brasileira

  • População estimada 7.018.354 (*IBGE)

  • Área total: 340.203 km (Aproximadamente o território da Alemanha)

AMBIENTE FAVORÁVEL PARA NEGÓCIOS

  • Melhor Programa de Incentivos Fiscais do País ( PróGoias)

  • Menor tempo de abertura de empresas do Brasil: 1 dia e 1 hora

  • Recursos financeiros subsidiados pelo Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO)

  • Saldo positivo na geração de empregos em 2020

  • Acesso internacional, via Aeroporto Internacional de Goiânia

  • 1º lugar no ranking nacional do ensino médio do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica
    (Ideb) de 2019 com a maior nota

  • Conta com 54 Distritos Industriais distribuídos em seu território

  • Possui Porto Seco em Anápolis para operações de comércio exterior

  • Governo do estado mantêm seu compromisso de crescimento com transparência e responsabilidade.

  • Proximidade de Brasília, permitindo rápido e fácil acesso ao sistema político-administrativo-
    econômico a nível nacional e internacional.

LOCALIZAÇÃO ESTRATÉGICA

Goiás tem uma localização estratégica, com rodovias, aerovias e ferrovias que interliga tanto os estados do país como países da América Latina.
Situado a mil km das cidades que concentram 70% do PIB nacional, com alto poder de consumo.
Goiás abraça o Distrito Federal, onde se encontra a capital federal, Brasília.
Esse privilégio de abraçar a capital do país dá rápido e fácil acesso ao sistema político-administrativo-econômico a nível nacional e internacional.

INFRAESTRUTURA

  • Parque logístico inteligente e integrado.

  • 24.994 km de rodovias

  • 855 km de ferrovias

  • Aeroporto Internacional

  • 4 mil km de polidutos

  • 4 aeroportos com planos de expansão

  • 29 aeródromos públicos

Ferrovia Norte-Sul: 991 km em solo goiano, Trecho ao Norte de Anápolis concluído e o restante, na região
Sul de Goiás, em construção.
Ferrovia de Integração Centro-Oeste (projeto em estruturação): A obra foi idealizada para facilitar o
escoamento de grãos produzidos na região Centro-Oeste do Brasil aos portos brasileiros. Chamada de
Transcontinental, liga o Norte do Estado ao Oeste do Brasil.
Rodovia BR-153: A rodovia que integra o Brasil de Norte a Sul possui 678 km em Goiás.
Porto Seco – Anápolis: Terminal alfandegado que facilita a movimentação de
mercadorias importadas ou para exportação. Redução de custo de tempo no transporte.
Aeroporto Internacional de Goiânia: Capacidade para receber, anualmente, 6,5 milhões de passageiros
Ferrovia Centro Atlântica: É o principal eixo de integração entre as regiões Sudeste, Nordeste e Centro-
Oeste. A ferrovia passa por 300 municípios brasileiros em sete estados, alcançando o
Porto de Santos, o que facilita o escoamento da produção.
Poliduto: Transporte de combustíveis da região Centro-Norte do país até o litoral.

POTENCIAL HUMANO
135 Universidades e faculdades
86 Escolas públicas de qualificação profissional
181 Escolas privadas de qualificação profissional
29 Institutos Tecnológicos
60% População economicamente ativa

DISTRITOS INDUSTRIAIS
54 Distritos industriais distribuídos no território goiano

POR QUE INVESTIR EM GOIÁS ?

O Goveno de Goiás possui diversas vantagens que podem ser concedidos aos empresários que queiram estabelecer suas empresas em Goiás, dentre eles:
  • Pró-Goiás – Novo Programa de Incentivos de Goiás

  • Produzir – Programa de Desenvolvimento Industrial de Goiás

    • Comex Produzir

    • Log Produzir

    • Regime Atacadista

  • Redução de ICMS para o segmento industrial

  • Crédito Especial para Investimentos

  • FCO – Fundo Constitucional do Centro-Oeste

  • Apoio na busca da melhor localização para sua empresa, no Estado de Goiás

Além disso possui grande oferta de:
  • Produtos agrícolas;

  • Proteína animal (gado bovino, suínos, e aves)

  • Minérios em abundância;

  • Mão de obra qualificada e a um custo mais favorável do que em outros estados;

  • Tecnologia;

  • Serviços especializados

  • Logística de transporte

PRINCIPAIS SETORES

O Agronegócio o principal ramo das exportações goianas, mostrando a força do Estado como provedor mundial de segurança alimentar para os mais diversos parceiros comerciais. Países como China, Estados Unidos e Países Baixos (Holanda) são portos costumeiros para os produtos goianos.
Grãos
Sendo o terceiro maior produtor de grãos do país, Goiás se destaca na produção de soja (3º lugar), milho (3º lugar) e sorgo (1º lugar), sendo um estado referência tanto em uso de tecnologias, quanto em técnicas de produção.
Carnes
Possuindo o segundo maior rebanho do país, com mais de 23 milhões de cabeças de gado, Goiás possui frigoríficos para o abate de bovinos, frangos, porcos que atendem aos mais diversos padrões internacionais, sendo que a carne produzida em Goiás tem como destinos a China, o Oriente Médio e a Europa. O Estado possui algumas das maiores empresas do ramo estabelecidas aqui.
Cana de Açúcar
Goiás ocupa o segundo lugar na produção brasileira de etanol, com uma produção, em grande parte graças à cana-de-açúcar, de mais de 5,5 bilhões de litros, sendo responsável por mais de 15% da produção nacional. Já a produção de açúcar deve crescer 53% na safra 2020/2021, contando com uma produção de mais de 77 milhões de toneladas.
Couros
Devido ao grande rebanho existente no Estado, existe uma grande possibilidade de uso da matéria prima para produção de couros, seja no estágio wet blue, semiacabado ou acabado. A qualidade do produto goiano já é reconhecida, sendo o couro goiano exportado para diversos países da União Europeia.

A indústria de alimentos de Goiás é diversificada, contando com empresas que atuam na elaboração dos mais variados produtos, utilizando tecnologia de ponta, aliada à uma mão de obra qualificada, com vistas à atender o mercado interno e externo.
Leite
Goiás é o quarto maior produtor de leite do país, com mais de 2,7 bilhões de litros produzidos todos os anos. Goiás tem desenvolvido tecnologias para melhorar as estratégias e diagnósticos da cadeia láctea do Estado e, com isso, Goiás representa hoje 10% da produção nacional de leite.
Café
O café arábica é o principal tipo de grão cultivado em Goiás. Sua produção atingiu quase 250 mil sacas em 2019, com aumento de mais de 17% na área cultivada e uma produtividade maior que 36 sacas por hectare. Essa produção é possível devido aos avanços tecnológicos utilizados na produção do café, o que levou Goiás a ser conhecido como a nova fronteira do café especial brasileiro.
Cachaça
Apesar da maioria da produção do Brasil estar concentrada no sudeste, Goiás é uma peça importante no fortalecimento econômico da cachaça, figurando entre os dez estados com mais estabelecimentos produtores de cachaça registrados. Segundo o último Anuário da Cachaça, publicado este ano pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), são mais de 114 marcas de 28 produtores registrados.

MINÉRIO DE OURO
Goiás se destaca na produção de ouro no Brasil, atrás em reservas e produção apenas dos estados de Minas Gerais e Pará. As reservas do estado da ordem de 10.000.000 toneladas de minério entre reservas medidas, indicadas e inferidas para reservas de ouro primário em minério de ouro, e 500Mt para ouro associado a outros minérios, como é o caso do cobre. As reservas do tipo ouro primário em minérios de ouro se encontram nos munícipios de Crixás e Pilar de Goiás. Já a produção de ouro associada a outros minérios no estado como ocorre em Alto Horizonte, onde o ouro está associado ao minério de cobre. A produção anual do minério no estado gira em torno de 5500 kg.
AMIANTO – CRISOTILA
Goiás detém a maior parte da reserva nacional de amianto do tipo crisotila no país, tais reservas estão estimadas na ordem de 200MTon de serpentinito lavrável, com teor médio de 5,7% de crisotila, totalizando 11.400.000 t de minério contido na reserva. Toda a produção nacional está concentrada na mina de Cana Brava, localizada no munícipio de Minaçu – GO, toda a produção é voltada para exportação.
CALCÁRIO
Em Goiás o calcário tem ocorrência em muitos municípios, podendo ser utilizado como calcário agrícola ou para indústria civil. Os maiores produtores do estado são os munícipios de Indiara, Palmeira de Goiás, Jandaia, Cidade de Goiás, Vila Propício, Corumbá de Goiás, Cezarina. As reservas no estado são estimadas entre 2 bilhões a 3 bilhões de toneladas entre reservas medidas, indicadas e inferidas. A produção anual para uso agrícola é a maior atingindo a casa dos 5.000.000 de toneladas, com a produção para indústria civil vindo em sequência com produção estimada de 2.000.000 de toneladas anual.
MINÉRIO DE NIÓBIO
Goiás detém grande parte das reservas de nióbio nacionais, localizadas nos munícipios de Catalão e Ouvidor, sendo o terceiro maior estado em percentual do minério atrás apenas de Minas Gerais e Amazonas. As reservas estimadas pela ANM são da ordem de 110Mt de minério, entre reservas medidas, indicadas e inferidas com teor médio estimado de 0,49% de Nb2O5 em rochas contendo pirocloro como minério.
MINÉRIO DE COBRE
Em Goiás foram encontradas e estudadas mineralizações de cobre nos munícipios de Alto Horizonte, Niquelândia, Bom Jardim de Goiás, Palmeirópolis, Americano do Brasil e Mara Rosa. As reservas conhecidas para o estado estão na ordem de aproximadamente 280Mt de minério, com teores médios de 0,42% de Cu, correspondente a 957.000 t de minério contido. Em Alto Horizonte a operação produz um concentrado de 24% de cobre que é comercializado e transportado para o porto de Vitória – ES.
ALUMÍNIO
O Brasil apresenta 3.371.579 kTon de reservas de alumínio metalúrgica e refratária, com teor médio de 47,63%. No estado de Goiás, tem-se 80.064.399,36 t de reservas, com o teor de 55,5%, o maior teor do Brasil.
As principais cidades de exploração no estado estão em Barro Alto e Santa Rita do Novo Destino. Em 2016, segundo a DNPM-GO existiam 13 alvarás de pesquisa para o minério, localizados nas cidades de Niquelândia, Barro Alto e Santa Rita do Novo Destino.

FOSFATO
O estado de Goiás apresenta 233Mt do minério de fosfato, com teores de 10,30% de P2O5. Dentre os 9 municípios brasileiros detentores de mais de 90% do patrimônio nacional de exploração, dois estão dispostos em Goiás, nos municípios de Catalão e Ouvidor, que geram para o estado produções anuais de 2.214.942 t.
Segundo a DNPM-GO, em 2016 haviam 14 relatórios de pesquisa para fosfato, concentrados nos municípios de Catalão, Ouvidor, Aruanã, Campos Belos e Bom Jardim de Goiás.

ÁGUA MINERAL
A água mineral engarrafada é obtida por meio de fontes naturais ou exploração de águas subterrâneas. O estado de Goiás produz 294.274.605 L anuais com vazão de 1.118.581,00 l/h, sendo explorados principalmente nas cidades de Goiás, Hidrolândia, Anapólis, Bela Vista de Goiás, Bom Jesus de Goiás, Luziânia Ltda e em Goiânia.
Em 2017, foram publicadas 4 novas Portarias de Lavra para água mineral no estado de Goiás nos municípios de Bela Vista de Goiás, Goiânia e Hidrolândia.

AREIA
A areia é um recurso mineral que compreende agregados granulares naturais e a areia artificial, obtida pela britagem de rochas. As reservas de areia estão estimadas em 713 Mt, com a produção por volta de 1.520.005 t, sendo explorados principalmente nas cidades de Padre Bernardo, Formosa, Luziânia, São Simão e Cristalina.
Em 2017, houveram 46 relatórios de pesquisas aprovados para a exploração de Areia.
VERMICULITA
Dentre as 14% reservas mundiais localizadas no país, 70% estão situadas no estado de Goiás. A reserva total do estado de Goiás é de 12,53 Mton com teor de médio de 20,98%. As maiores reservas de vermiculita no estado de Goiás se localizam nos municípios de Ouvidor, Catalão, Sacrerlândia e São Luiz dos Montes Belos.
Em 2016, houveram dois relatórios de pesquisas para a exploração de vermiculita nos municípios de Ouvidor e Sancrerlândia.

Na cidade de Anápolis está localizado o DAIA, Distrito AgroIndustrial de Goiás, que é hoje o segundo pólo farmoquímico do Brasil e especialista na produção de medicamentos genéricos. Localizado próximo ao Porto Seco de Anápolis e no quilômetro zero da Ferrovia Norte-Sul. A região é um ponto central no país, facilitando a distribuição de produtos para todas as regiões.
Apenas nas indústrias farmacêuticas do DAIA, estão empregadas mais de 6000 pessoas e são atualmente mais de 20 indústrias do setor de medicamentos em atividade dentro do Distrito.

O polo automotivo de Goiás é referência pela produção de veículos de diversas marcas, inclusive com a produção de carros menos poluentes. Desde 2017, Goiás assume a terceira posição no ranking automotivo do País, ao lado do Rio Grande do Sul, atrás apenas de Paraná e São Paulo. O Estado é muito atrativo, em especial pelos benefícios fiscais existentes e possui a presença de cinco montadoras.

Com a vantagem de conseguir alcançar mais de 70% do PIB nacional em um raio de 1.000 km, Goiás é a sede de diversas distribuidoras e empresas de logística. Contando com uma malha rodoviária de mais de 21.000 km, incluindo rodovias estaduais e federais, além da possibilidade de transporte ferroviário e lacustre, Goiás possui toda a cadeia modal preparada para empresas que queriam se estabelecer no Estado.
Some-se a isso a recente internacionalização do Aeroporto de Goiânia e os caminhos logísticos já existentes ganham um alcance internacional

A base aérea de Anápolis é a principal base aérea do país, responsável pela proteção da capital federal. Com esse referencial, várias empresas do segmento de defesa procuraram o Governo do Estado e foi montado, em Anápolis, um polo bélico com o objetivo de atrair empresas do segmento para que elas atendam às demandas das Forças Armadas e, também, das polícias estaduais. Contando com incentivos específicos e com o apoio do Estado, esse setor tem crescido na economia goiana.

O setor de HPPC tem se desenvolvido em Goiás com forte apoio do Estado e com empresários que tem aproveitado as oportunidades existentes. Franquias novas tem sido lançadas e, mesmo em momentos de adversidade o setor tem conseguido bons resultados, com crescimento de mais de 7% em relação à 2019, movimentando mais de R$ 34 bilhões no Brasil.
Parte do resultado goiano se deve à evolução constante nas tecnologias de produção bem como ao forte compromisso do empresariado com o aprimoramento constante e com o desenvolvimento das marcas, participando de diversos eventos nacionais e internacionais que ajudaram a estabelecer o Estado como um dos principais produtores do país.

O estado de Goiás tem recebido destaque no segmento de moda do país. Segundo dados do Ministério do Trabalho, o Estado ocupa o sexto lugar no ranking nacional das indústrias de confecções. De acordo com o Instituto de Estudos e Marketing Industrial (IEMI), o Estado concentra 3% das indústrias têxteis e de confecção do Brasil. A região da rua 44, em Goiânia, é o maior polo de moda do Centro-Oeste. Estima-se que novos negócios na região devem movimentar R$ 380 milhões este ano.

O Estado de Goiás tem apoiado cada vez mais a implantação de produtores de energia que sejam baseados em energias renováveis. Nesse sentido, o Governo de Goiás, por meio da GoiásFomento, lançou uma nova modalidade de crédito para pessoas físicas, operacionalizada com recursos do Fundo de Financiamento do Centro-Oeste (FCO). Trata-se do FCO Financiamento de Mini e Microgeração de Energia Elétrica destinado à aquisição de sistemas de geração de energia por fontes renováveis, principalmente a solar fotovoltaica, a serem instalados em residências.

Serviços Médicos (Oftalmologia, Queimadura, Oncologia)
Goiás se tornou referência em diversas áreas da medicina, com profissionais de renome nacional atuando em ramos como a oncologia, o tratamento de queimaduras e na oftalmologia. A aproximação com as pesquisas acadêmicas tem gerado grande diferencial aos profissionais do Estado e tanto Goiânia quanto Anápolis tem sido procurado por pacientes de outros estados, em busca de tratamento especializado.

Turismo (Aventura, águas termais, arqueológico, negócios, religioso, arquitetônico (art decó)
Maior manancial hidrotermal do mundo e dotada de diversificado parque hoteleiro, com parques aquáticos e piscinas hidrotermais, Caldas Novas recebe anualmente mais de dois milhões de turistas de todas as idades. Além das águas termais, o ecoturismo é forte vocação no Estado.
A cidade de Alto Paraíso recebe turistas do mundo inteiro atraídos pela beleza do lugar, com suas mais de 120 cachoeiras catalogadas. Na cidade há também um herbário organizado por um profundo conhecedor das propriedades medicinais das plantas do cerrado. O clima de misticismo e espiritualidade é muito presente em Alto Paraíso.
Trindade, a “Capital da fé” para os goianos, situada a 25 km da capital, possui seu ápice na Romaria do Divino Pai Eterno, que é iniciada na última sexta-feira de junho de cada ano e se estende até o domingo da primeira semana de julho. Realizada há quase dois séculos, é considerada o segundo maior evento religioso do Brasil.
Goiânia, planejada na década de 30, apesar de jovem é reconhecida mundialmente por seu acervo arquitetônico Art Déco. Localizada no coração do Brasil, a capital de Goiás mescla o clima cosmopolita dos negócios com o jeito receber bem do goiano. Com uma combinação única de ruas arborizadas, parques urbanos e um bom número de hotéis, restaurantes e centros de convenções, é um dos destinos turísticos mais importantes do Brasil, especialmente em congressos e eventos. A vida cultural e de lazer na cidade são pontos altos para moradores e visitantes. Goiânia também é famosa pelos bares nas calçadas.
Essas são apenas algumas das diversas atrações do Estado.

Software (descrever tipos e incentivos – cenários, etc…)
O Estado de Goiás, em especial a capital Goiânia, é a sede de diversas empresas de desenvolvimento de software. Contando com mão de obra especialmente qualificada, devido à grande quantidade de cursos superiores oferecidos nessa área pelas universidades, Goiás se estabelece como um local de especial interesse para as empresas que pensem em prestar serviços na área de TIC.

Os centros de excelências promovidos pelo Governo de Goiás agregam valor à produção e traem talentos.   Goiás tem vocação não só para o agronegócio, mas também para a tecnologia.  Agricultura e pecuária 4.0.  O CEAGRE Centro de Excelência em Agricultura Exponencial, localizado no sudoeste goiano, potencializa ainda mais as atividades agrícolas e agropecuárias através da maximização da produtividade e aumento da qualidade, gerando negócios e pesquisa & desenvolvimento.  Soluções tecnológicas de alto valor agregado aumentam o número de startups de agronegócio, fortalecendo assim o ecossistema de inovação.  

O CEIACentro de Excelência em Inteligência Artificial, é peça fundamental nessa arquitetura. Localizado na Universidade Federal de Goiás o CEIA abriga o 1º e único curso de bacharel em IA do Brasil e já se destaca internacionalmente nas áreas de energia, veículos autônomos, drones e processamento de imagens, e saúde (prêmio Johnson & Johnson Internacional). 

Anápolis é conhecida como o principal polo logístico do Brasil, com rodovias, ferrovias e aeroporto de cargas.  E agora, com a inauguração da Ferrovia Norte-Sul, abrigaremos o Centro de Excelência de Tecnologia Ferroviária, o maior complexo tecnológico e de inovação da América Latina.  Multimodais 4.0 para a nossa logística integrada!  

Um projeto virtuoso que é completo com nossos quatro Parques Tecnológicos credenciados. 

INVISTA

Acesse o Link abaixo, preencha com informações de sua empresa e em breve entraremos

em contato para caminharmos juntos rumo ao mercado internacional.

PROGOIÁS – Lei no 20.787/2020

Implantação de novo estabelecimento industrial (Regra Geral)

Revitalização de estabelecimento industrial

paralisado há mais de 12 meses (Regra Geral)

Ampliação de estabelecimentos industrial já

existente (sobre o quantitativo da produção

excedente ao da capacidade industrial instalada

na data de protocolização do pedido de

enquadramento)

Regra Geral: • Crédito Outorgado com pagamento de Protege Até 12º Mês
  •  Crédito Outorgado 64%

  • Protege 10%

13º Mês ao 24º Mês
  •  Crédito Outorgado 65%

  • Protege 8%

A partir do 25º Mês
  •  Crédito Outorgado 66%

  • Protege 6%

  • Exceções (Municípios Prioritários ou Receitas abaixo do limite do Simples Nacional):

Comexproduzir

OPERAÇÃO

Dispensa de pagamento de ICMS pela importação
(mediante exoneração).
Redução do ICMS de 17% para 4% pelas saídas para
Goiás (benefício de redução de base de cálculo),
constando no anexo do TARE.

Redução do ICMS interestadual:
I. De 4% para 1,4% nas saídas destinadas a contribuintes de outros
Estados (benefício de crédito outorgado de 65% do saldo devedor de ICMS);
II. De 17% para 5,95% nas saídas destinadas a não contribuintes de outros
Estados (benefício de crédito outorgado de 65% do saldo devedor de ICMS).
Contrapartida social a ser paga de 5% sobre o
desconto das operações interestaduais;
Contribuição de 6% sobre o desconto do ICMS
interestadual, ao fundo PROTEGE, durante 30 meses, ou 4% para pagamento à vista;

CREDENCIAMENTO


Elaboração de projeto de Viabilidade Econômica.

Apreciação do Projeto, e aprovação do incentivo pelo
Conselho Deliberativo do Produzir.

Celebração de Termo de Acordo de Regime Especial
(TARE) com a Secretaria da Economia

O COMEXPRODUZIR, subprograma do PRODUZIR, é o programa do Governo de Goiás que incentiva a implantação e a expansão de empresas que realizem operações de comércio exterior.

FRUIÇÃO

O COMEXPRODUZIR tem fruição até 31 de Dezembro de 2032, em razão da extensão do programa, ou até 31 de dezembro de 2025, de acordo com a Lei Complementar 160/2017, se assim vir a ser imposto pela legislação.

REQUISITOS

O COMEXPRODUZIR alcança apenas empresas que atuem preponderantemente com comércio Exterior, ou seja, pelo menos 95% das entradas devem ser oriundas de:

I. Importações

II. Aquisições nacionais com destino à exportação;

III. Retorno de produtos remetidos para industrialização por conta e

ordem da importadora.

Exige que o desembaraço aduaneiro seja realizado dentro do

Estado de Goiás, exceto quando houver restrição pela ANVISA.

Logproduzir

O LOGPRODUZIR, subprograma do PRODUZIR,
é o programa do Governo de Goiás que
incentiva a implantação e a expansão de
empresas Operadoras Logísticas no
Estado de Goiás.

PRODUZIR

O PRODUZIR é o programa do Governo de Goiás que
incentiva a implantação e a expansão de indústrias,
reduzindo o valor do ICMS mensal devido pela
empresa beneficiária.

REQUISITOS

O LOGPRODUZIR alcança apenas empresas
operadoras logísticas que exerçam
simultaneamente as atividades de:
I. Agenciamento de transporte;
II. Armazenamento de cargas;
III. Transporte de cargas.

FRUIÇÃO

O LOGPRODUZIR tem fruição até 31 de Dezembro
de 2022 de acordo com a Lei Complementar 160/2017.

OPERAÇÃO

No caso do projeto de expansão (empresa em funcionamento), o benefício do crédito outorgado do ICMS incidirá
apenas sobre o valor que exceder à média mensal do montante de ICMS efetivamente pago pela Operadora
Logística, correspondente às operações interestaduais, devendo a média ser apurada por meio dos pagamentos
do imposto nos últimos 12 (doze) meses anteriores à data de protocolização do projeto;

I. 25% de crédito outorgado para as empresas que operem cumulativamente no segmento de logística transporte rodoviário ou aéreo, agenciamento de
carga e armazenamento de mercadorias próprias ou de terceiros;

II. 36% para as empresas mencionadas no item II cujo recolhimento de ICMS relativo às operações próprias ou por conta e ordem de terceiros,for superior a
R$ 900.000,00 (novecentos mil reais) por mês.

*Os percentuais de crédito outorgado será aumentados para 50 e 72%, em abril de 2.020.

No caso do projeto de expansão (empresa em funcionamento), o benefício do crédito outorgado do ICMS incidirá
apenas sobre o valor que exceder à média mensal do montante de ICMS efetivamente pago pela Operadora
Logística, correspondente às operações interestaduais, devendo a média ser apurada por meio dos pagamentos
do imposto nos últimos 12 (doze) meses anteriores à data de protocolização do projeto;

Caso o Operador Logístico assuma o faturamento de mercadorias pelo seu cliente, conforme amparo legal
específico, nas saídas de mercadorias, próprias ou por conta e ordem de terceiros, destinadas à comercialização ou
industrialização aplica-se:

I. Redução de base de cálculo do ICMS de 17% para 10% nas saídas internas;

II. Crédito outorgado do ICMS equivalente ao percentual de até 3% nas saídas interestaduais, 12% para 9%.

 

Contrapartida social a ser paga de 5% sobre o desconto das operações interestaduais, sendo:

I. 2% para o Programa Bolsa Universitária;

II. 3% para o FUNPRODUZIR.

 

Contribuição adicional de 6% sobre o desconto do ICMS interestadual, ao fundo PROTEGE, durante 30 meses, ou
4% para pagamento à vista, no caso da empresa solicitar a extensão do prazo de fruição até 2022.

Contribuição para o Fundo PROTEGE de 15% (quinze por cento) aplicado sobre o valor do incentivo para os períodos
de apuração de abril de 2019 a março de 2020, do primeiro até o sexto mês de fruiçao do incentivo e 14% (quatorze
por cento) a partir do sétimo mês , decrescendo 1% (um ponto percentual) a cada mês, até o limite mínimo de 9%.

CREDENCIAMENTO

Elaboração de projeto de Viabilidade Econômica;

Apreciação do Projeto, e aprovação do incentivo pelo Conselho Deliberativo do Produzir;

Celebração de Termo de Acordo de Regime Especial (TARE) com a Secretaria da Economia.

Regime Atacadista

ICMS – ALÍQUOTAS

A incidência do ICMS ocorre em patamares distintos
conforme a operação ou prestação, da seguinte forma:

*Saídas internas dos Estados das regiões Sul e Sudeste, exceto Estado do
Espírito Santo, alíquota base de 18%;

*Saídas internas dos Estados das regiões Centro Oeste, Norte e Nordeste,
inclusive o Estado do Espírito Santo, alíquota base de 17%;

*Saídas interestaduais dos Estados das regiões Sul e Sudeste, exceto
Estado do Espírito Santo, para os Estados das regiões Norte, Nordeste e
Centro-Oeste, inclusive o Estado do Espírito Santo: alíquota de 7%;

*Saídas interestaduais dos Estados das regiões Sul e Sudeste, exceto
Estado do Espírito Santo, para os demais Estados das regiões Sul e
Sudeste, exceto Estado do Espírito Santo: alíquota de 12%;

*Saídas interestaduais dos Estados das regiões Norte, Nordeste e Centro
Oeste, e também Estado do Espírito Santo, para todos os destinos,
alíquotas de 12%.

CRÉDITOS DE ICMS

Nas compras efetuadas em Goiás, têm-se
apropriação integral dos créditos de ICMS.

Nas compras efetuadas de fornecedores de outros
Estados da Federação têm-se limitada a apropriação
do crédito em 7%, na proporção em que ocorrerem
vendas pra clientes estabelecidos em Goiás, ou seja,
se 30% da venda for interna, portanto, em 30% da
aquisição será necessário limitar o crédito em 7%, ou
fazer estorno caso tenha sido aproveitado a maior.

Essa limitação não se aplica a aquisição de mercadorias para serem
utilizadas em processo de industrialização.

DÉBITOS DE ICMS

Nas saídas internas (venda para clientes de Goiás),
têm-se redução de base de cálculo, portanto ao
invés de se considerar alíquota “original” de 17%,
considera-se 11%, sendo que o cliente se apropria
integralmente desse crédito destacado na NF de
venda.

DÉBITOS DE ICMS

Nas saídas interestaduais, onde há incidência de 12% de
ICMS para todos os destinos, concede-se crédito outorgado
de 3% calculado sobre o valor da Nota Fiscal, podendo ser 4%
em se tratando de medicamentos, portanto:
I. Débito de 12% pelas saídas interestaduais;

II. Crédito outorgado de 3% pelas saídas interestaduais (4% para

medicamentos);

III. Débito líquido de 9% (8% para medicamentos) pelas saídas interestaduais, a

ser compensado com os créditos existentes pelas entradas.

FUNDO PROTEGE GO

Há obrigação compulsória de recolhimento de 15% do
benefício, tanto pela redução de base de cálculo (saídas
internas), como crédito outorgado (saídas interestaduais),
para o fundo Protege Goiás, destinado a programas sociais
do Estado.

Crédito Especial para Investimentos

O Crédito Especial para Investimentos – CEI, é um
incentivo financeiro, no qual a Secretaria da Economia
do Estado de Goiás, concede à implantação de
complexo industrial, um benefício onde 70% do ICMS
oriundo de operações próprias poderá ser utilizado
para a formação de caixa, com intuito da concretização
do projeto industrial.

PRÉ-REQUISITOS

1. Empresa que tenha Inscrição Estadual;
2. Não esteja em Dívida Ativa com as
esferas públicas;
3. Terá investimentos para a implantação de
complexo industrial.

CREDENCIAMENTO

1. Projeto de Investimento, contendo:

a. cronograma físico-financeiro das obras civis e da colocação das
máquinas, dos equipamentos e das instalações;

b. a indicação do número de empregos diretos e indiretos a serem
gerados pelo empreendimento;

c. a data prevista para o início da atividade industrial,
correspondente à implantação ou ampliação de complexo industrial.

2. Apreciação do Projeto e aprovação do incentivo
pela Secretaria da Economiado Estado de Goiás

3. Celebração de Termo de Acordo de Regime
Especial.

OBRIGAÇÕES

Mensalmente, após a celebração do TARE, será
necessário encaminhar, à Secretaria da Economia:

a. cópia da folha do livro Registro de Apuração do ICMS;
b. cópia do documento de arrecadação (DARE) relativo à parcela do
imposto devido;
c. cópia dos depósitos correspondentes à constituição do crédito
especial para investimento;
d. cópia do extrato bancário;
e. o valor do investimento realizado no mês de referência,
devidamente comprovado por meio da documentação fiscal
(Notas Fiscais) relativa à aquisição de bens ou realização de
serviços destinados especificamente ao projeto aprovado;
f. os valores mensais e acumulados do investimento realizado.

OPERAÇÃO

1. O recurso do CEI é constituído por 70% do saldo
devedor do ICMS proveniente de obrigação própria
da EMPRESA BENEFICIÁRIA.

2. Em uma Conta Corrente, cujo banco será definido
pela Secretaria da Economia, deposita-se 70% do
ICMS gerado no mês e paga-se, através de DARE, o
restante remanescente.

3. A concessão do CEI é limitada, cumulativamente:

a) ao prazo de fruição de até 36 meses, contados da data de vigência
do regime especial;

b) a 40% do valor comprovado das obras civis, máquinas,
equipamentos e instalações;

b) a 40% do valor comprovado das obras civis, máquinas,
equipamentos e instalações;

4. O saldo acumulado, conforme limite do CEI, poderá
ser resgatado, com pagamento de 23% (vinte e três
por cento) do montante depositado (20% liquidação
antecipada + 1% doação para Fundo PROTEGE + 2%
doação para o CRER). crédito outorgado (saídas
interestaduais), para o fundo Protege Goiás,
destinado a programas sociais do Estado.

Áreas para Estabelecimento

Apoio técnico para identificar áreas de mais atratividade para o estabelecimento no Estado.
Interlocução com atores para identificação de possibilidades para investimento.
Apoio, em conjunto com a CODEGO, para identificar se o projeto se adequa à instalação
em algum Distrito Industrial do Estado.

Porque o Brasil?

10 Razões para investir no Brasil

▸ O Brasil é uma potência global, classificando-se entre
as 10 maiores economias do mundo, com um PIB de USD
1,88 trilhão em 2018.

▸ Segundo a UNCTAD, o Brasil segue entre
os 10 maiores destinatários de FDI no mundo e é o
único país latino-americano nessa lista. Para dentro
Os fluxos de IED no Brasil totalizaram mais de US $ 1 trilhão de
2010 a 2018, com média de US $ 122 bilhões por ano,
de acordo com dados do Banco Central do Brasil.

▸ Brasil está aberto ao investimento estrangeiro direto
e continua a atrair líderes e inovadores
negócios internacionais resultantes de lucrativas
oportunidades sustentadas por robustos
regras de proteção ao investidor que são aplicadas por um
Judiciário independente e confiável e uma regulamentação justa
ambiente, proporcionando segurança aos investidores.

▸ Brasil possui um dos maiores mercados consumidores
no mundo, com mais de 210 milhões de pessoas e
uma demanda doméstica forte e estável por serviços,
bens e produtos agrícolas.
▸ PIB per capita de US $ 8.959,02 em 2018, acima
grandes jogadores emergentes, como Índia e África do Sul.
▸ O consumo das famílias é cerca de 64,3% do
PIB (2018).

▸ Em vez de depender de um pequeno número de chaves
indústrias, a economia brasileira está estruturada em
uma ampla gama de setores econômicos. O país é
lar de um setor industrial competitivo, incluindo,
por exemplo, o maior aeroespacial da América Latina,
automotivo, petróleo e gás, mineração, bens de capital,
equipamentos médicos, químicos e tecnologia
complexos industriais, entre outros.

▸ Brasil possui uma das maiores reservas de petróleo
do mundo e abriga uma das maiores empresas de petróleo
descobertas feitas no hemisfério ocidental em
nos últimos 30 anos: o óleo de águas ultraprofundas encontrado
na camada pré-sal da costa sudeste do Brasil. Globalmente,
O Brasil é o 10º maior produtor de petróleo, o maior do
América latina.
▸ Brasil é um dos maiores produtores e exportadores
do biocombustível etanol no mundo.
▸ Fontes renováveis ​​são responsáveis ​​por mais
80% da geração de eletricidade do Brasil, um dos
níveis mais altos do mundo, e muito acima do
Média da OCDE (23,8%). Devido à grande quantidade de água
abastecimento, a energia hidrelétrica fornece mais de 60% do
As necessidades de eletricidade do Brasil. Vento, biomassa e solar
as ações de energia estão crescendo em um ritmo acelerado, já
representando mais de 16% em 2018.

▸ Com uma população ativa em idade ativa (15-64
anos) de cerca de 69% em 2018, o que é acima
média mundial, o mercado doméstico brasileiro oferece
boas oportunidades para empresas que procuram contratar.

▸ Também tem uma força de trabalho jovem e dinâmica,
apoiado por treinamento profissional do governo
programas que podem ser implementados em parceria
com o setor privado.

▸ Os recursos naturais do Brasil são abundantes, tornando
o país é um importante fornecedor de matérias-primas. isto
é um dos maiores produtores e exportadores de
produtos agrícolas e de mineração (especialmente ferro
minério), para citar apenas alguns. Sua biodiversidade também é vasta fonte de riqueza.
▸ O país também é rico em água, estima-se que
detém as maiores reservas de água doce do mundo.

▸ O Brasil é resiliente e firme, capaz de
resistir a uma economia internacional adversa
cenário.
▸ Em 2010, o Brasil se tornou um credor externo líquido,
pagando sua dívida com o Monetário Internacional
Fundo, e acumulou reservas internacionais
desde então, totalizando mais de US $ 374,7 bilhões no final
de 2018.

▸ O Brasil é um player global estabelecido,
profundamente engajado na política internacional, como
uma das principais partes interessadas nas negociações globais
no comércio, políticas ambientais e humanas
defesa dos direitos. Com uma grande economia, bem
sistemas políticos e judiciais estabelecidos e ativos
engajamento em assuntos internacionais, o Brasil desempenha um
papel importante na comunidade internacional.

▸ As maiores cidades do Brasil são investimentos globais
destinos em ascensão, não só para o Brasil, mas também
para toda a região da América Latina.
▸ O Brasil compartilha fronteiras terrestres com a Argentina,
Bolívia, Colômbia, Guiana, Paraguai, Peru,
Suriname, Uruguai e Venezuela, bem como o
Região Ultramarina Francesa da Guiana Francesa.
▸ Brasil tem acordos de livre comércio com os maiores
mercados na América Latina e é um membro fundador
do Mercado Comum do Sul (Mercosul).
▸ Como membro do Mercosul, o Brasil recentemente
anunciou um grande acordo FTA com a Europa
União. Brasil também faz parte dos acordos comerciais
já firmado pelo Mercosul, além de outros
ainda em negociação com parceiros em diferentes

continentes. O Brasil também assinou mais de um
uma dúzia de acordos de facilitação de investimento com
países da América Latina, África e Ásia.

EMPRESAS JÁ EM GOIÁS

EXPORTE

PARTICIPE DO PNCE E GARANTA SEU LUGAR NO MERCADO INTERNACIONAL !!!

Acesse o Link abaixo, preencha com informações de sua empresa e em breve entraremos

em contato para caminharmos juntos rumo ao mercado internacional.

O que é o PNCE ?

O Plano Nacional da Cultura Exportadora é um programa do Ministério da Economia, que busca difundir a
cultura exportadora e contribuir para ampliar o número de exportadores brasileiros,

Qual o público alvo do PNCE?

O PNCE tem como público alvo as micro, pequenas e médias empresas que querem se tornar mais
competitivas e se inserir no mercado internacional, realizando sua primeira exportação ou ampliando sua
participação no mercado externo.

Como o PNCE pode ajudar minha empresa?

O PNCE pode ajudar as empresas na medida em que oferece um caminho lógico e fluido (Plano de Ação)
que elas possam seguir, baseado nas suas próprias necessidades. Além disso, ao decidirem participar do

PNCE, as empresas passam a contar com o apoio de um parceiro do Plano para auxiliá-las em suas
trajetórias.
O plano de ações desenvolvido para uma empresa participante do PNCE é customizado para ela. Sendo
assim, todas as recomendações (treinamentos, serviços e outras soluções) nele contidas devem endereçar
as necessidades e preencher as lacunas identificadas para aquela empresa. A empresa que segue o plano,
vai dando um passo de cada vez, de maneira pensada, estruturada e ordenada rumo à internacionalização.

Quais cuidados e pré-requisitos que uma empresa deve ter antes de considerar entrar para o PNCE?

A empresa deve entender que o PNCE funciona como um meio de apoio, um “caminho das pedras” que tem
o objetivo de guiá-la da maneira mais fluida e assertiva possível. No entanto, a empresa é quem tem a
responsabilidade de executar o plano que lhe é fornecido. Deve estar claro para ela que o processo exigirá
comprometimento e investimento (seja de tempo, esforço ou financeiro). O interesse pela internacionalização
é muito positivo para a empresa, mas deve ser uma decisão estratégica que é importante para a sua
evolução e desenvolvimento dos negócios.

Como funciona o PNCE, sob a ótica da empresa que aderir ao Plano?

O passo a passo é simples e pode ser descrito em 4 etapas principais:
a) Perfil Empresarial – a empresa acessa o site do PNCE (www.pnce.economia.gov.br) e responde um
curto questionário contendo perguntas relacionadas à internacionalização;
b) Avaliação de Maturidade Internacional – após o preenchimento de seu Perfil, a empresa recebe
automaticamente (em seu e-mail cadastrado) uma avaliação identificando o estágio em que se encontra
dentro do processo de internacionalização;
c) Plano de Ação para Internacionalização – um parceiro do PNCE entra em contato com a empresa e ela
recebe um plano personalizado com sugestões de ações a serem realizadas para alcançar o mercado
internacional;
d) Monitoramento Empresarial – a trajetória da empresa é acompanhada para auxiliar no alcance de seus
objetivos.

O PNCE tem custos? Quais?

Não há custos para ingressar no PNCE, ou seja, a empresa que se inscrever deverá receber uma avaliação de maturidade e um plano de ações para internacionalização, elaborado com base nas informações prestadas por ela mesma. No entanto, é importante ressaltar que esse plano pode conter indicações de serviços pagos. A Matriz de Serviços do PNCE é constituída de diversas soluções de várias instituições – gratuitas, pagas ou subsidiadas. Essas soluções serão indicadas como alternativas disponíveis que irão auxiliar a empresa a dar os passos necessários para alcançar o mercado internacional.

INFORMAÇÕES ÚTEIS

Sobre Goiás Internacional

O Governo de Goiás, preocupado com a melhor forma de atender as demandas de empresários estrangeiros,
montou uma estrutura especial de atendimento, congregando várias Secretarias de Estado, sob a liderança
da Vice-Governadoria, de modo que os esforços feitos em conjunto possam atender aos anseios daqueles
que precisam de informações qualificadas para decidir sobre seus investimentos.
A iniciativa do Goiás Internacional congrega esforços da Secretaria de Indústria, Comércio e Serviços, bem
como da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento e, também, da Secretaria de Desenvolvimento
e Inovação, além de contar com o apoio e participação da Goiás Turismo, da Companhia de Desenvolvimento
de Goiás (Codego) e da Assessoria Internacional da Governadoria, todos congregados sob o comando da
Vice Governadoria.

O objetivo principal é atender qualquer demanda que tenha relação com a área internacional, desde compra
de produtos goianos por países parceiros, abertura de mercados estrangeiros para produtos goianos, entrada
de produtos estrangeiros no Estado de Goiás, investimentos, inovação, tecnologia, turismo, cooperação e
parcerias.
Para maiores informações, entre em contato pelo e-mail internacional@goias.gov.br

Publicações

Veja abaixo algumas das publicações já produzidas pelo Governo de Goiás. Essas publicações possuem informações específicas e podem ser uma base de referência quando houver alguma dúvida sobre um assunto específico. Caso a dúvida persista, não deixe de entrar em contato conosco:
  • Go Comex Magazine

  • Balança Comercial

  • Agro em Dados

  • (Material do IMB)

Goiás em Dados

Goiás em Dados é uma iniciativa do Instituto Mauro Borges, responsável pela compilação de dados
estatísticos do Estado de Goiás e apresenta, sob diversas óticas, informações socioeconômicas que podem
ser utilizadas em pesquisas ou como base para tomada de decisões.
A atualização dessas informações é responsabilidade do Instituto Mauro Borges
Goiás em Dados (Ano: 2020)

Links úteis
● Governo de Goiás: https://www.goias.gov.br/
● Vice-Governadoria: https://www.vicegovernadoria.go.gov.br/
● Secretaria de Indústria, Comércio e Serviços: https://www.sic.go.gov.br/
● Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento: https://www.agricultura.go.gov.br/
● Secretaria de Desenvolvimento e Inovação: https://www.desenvolvimento.go.gov.br/
● Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás: http://www.codego.com.br/acessoasinformacoes/
● Goiás Turismo: https://www.goiasturismo.go.gov.br/
● Goiás Fomento: https://www.goiasfomento.com/
● Instituto Mauro Borges: https://www.imb.go.gov.br/
● Secretaria de Cultura: https://www.cultura.go.gov.br/

Cultura em Goiás

Goiás é um Estado onde a cultura abrange as mais diversas manifestações, desde suas danças típicas como
a Catira e a Congada, passando pela gastronomia rica e pela arquitetura marcada por diversos traços
característicos, com forte influência arte-decô na capital, Goiânia.
Dentre as manifestações artísticas, temos:
Dança dos Tapuios, os Autos, as Danças folclóricas, o Tambor, Congadas, Lundu, Catira, As Pastorinhas e
as Cavalhadas.
Um dos maiores festivais de música do país acontece tradicionalmente em Goiás, o Vila Mix, que congrega
grandes nomes dos mais diversos estilos musicais do país.
Berço de diversas duplas sertanejas famosas, Goiás também tem uma boa cena musical alternativa, com
festivais de rock renomados, como o Bananada e o Vaca Amarela.
Tradicionalmente a culinária goiana lembra comida caseira, bem temperada, de alta qualidade e que traz
conforto. São pratos típicos goianos: a galinhada, o empadão goiano, a pamonha, o arroz com pequi, carne
de lata e o peixe na telha.

Além dos sabores tradicionais, Goiás possui alguns dos melhores e mais refinados restaurantes do país, com
chefes renomados atuando em solo goiano.

Escolas Internacionais

Goiás conta com unidades de escolas internacionais que atendem aos mais altos e exigentes padrões de
educação.
Essas unidades possuem educação bilíngue, carga horária diferenciada e uma grade que as coloca entre as
melhores escolas do país, podendo prover educação de qualidade para preparar as crianças para os desafios
atuais, transformando-os em cidadãos globais.
A grande preocupação de quem tem uma família é ter a certeza de oferecer educação de qualidade para
seus filhos. Essa é uma das principais dúvidas daqueles que desejam se estabelecer em Goiás e, com a
presença de escolas internacionais de alto nível, tem atendido e superado às expectativas de executivos e
empresários que estão se estabelecendo aqui.

Qualidade de Vida

Goiás é um estado do interior, com os confortos existentes em grandes metrópoles. A capital, Goiânia, tem
um dos melhores índices de arborização do país, contando com parques, shoppings, bares, restaurantes e
uma ativa cena cultural.
O interior possui algumas das mais belas paisagens naturais do país, com cachoeiras, montes, vales, rios e
um sem número de atividades relacionadas ao ecoturismo.
Aqui produzimos boas cachaças e começamos o desenvolvimento de uma indústria vinífera, cheia de
potencial. Temos, inclusive, algumas das melhores cervejas artesanais do país sendo feitas em solo goiano.
A gastronomia do Estado impressiona por seus aromas e sabores, bem como pela fartura e pelo bem querer
à mesa, características do povo goiano.
Ainda como caraterísticas, temos um povo acolhedor, caloroso, gentil e simples. Dedicado às boas amizades
e que entende o valor de passar um tempo de qualidade com amigos e familiares.
A qualidade de vida no Estado de Goiás está entre as melhores do país e, objetivamente, tende a melhorar
nos próximos anos.

Buy now